Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

FIAT LUX....

Companhias de uma noite solitária.
Companhia para um pulmão ofegante e um fígado agonizante,
para distraírem uma alma perdida
numa noite quente de um verão qualquer
em frente a uma tela negra.

SELF...

Em mim restava apenas a leve risada, às vezes bem pesada e estridente: uma tentativa de interagir e de ser irresponsável. Mas em mim jaz um velho rabugento que no fim desconhece seu lugar. As tentativas foram inúmeras, e eu não pertencia àquilo, não pertecencia  
a nada... 
           Esses arroubos existencialistas de toda sorte me irritam... Existo, existo, e já basta, ou pelo menos já bastaria.
- Nothing is enough, nothing is good enough to exist itselself, myself...

Listning...

A letra não retrata o meu atual "espírito", mas é bonitinha e a música muito boa, na voz de Billie Holiday...

Trav'lin', trav'lin' all alone

I'm so weary and all alone
Feel tired like heavy stone
Trav'lin', trav'lin' all alone
Who will see and who will care
Bout this load that I must bear
Trav'lin', trav'lin' all alone
Prayers are said to heaven above
'Bout my burdens,woes and love
Head bowed down with misery
Nothing now appeals to me
Trav'lin', trav'lin' all alone

Give me just another day
There's one thing I want to say
Friends are well when all is gold
Leave you always when you're old
Trav'lin', trav'lin' all alone


Há pessoas que nunca tiveram uma fase gold na vida, acho que só usaram essa palavra apenas para rimar com old, old... o que no fim é democrático, salvo os que morrem jovens...