Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Ritos e mais ritos

Comecei minhas histórias nesse blog sobre ritos de passagens. Ainda tenho  sobre o assunto uma visão estranha, para nao ser muito claro. Ah, as passagens, os tambores e as continuidades...
A ideia de mudança que se repete não é mudança. O que não se pode  querer é que não façam os seus ritos de passagens, crendo que estão passando para algum lugar...


reveillon,
aniversarios,
dias horas,
o passar do tempo,
o tempo...
indo passsado
comemorar a passagem do que sempre vai passar porque as coisas sobrevivem às pessoas
as pessoas passam, as coisas ficam
e a luta pas coisas ficam
e as passagens também
E sabemos que  são de ida!
Até o próximo rito. Chegaremos lá para comemorá-lo...
o passar do que não existe.
o tempo não existe, só suas marcas, agarre-as.
Feliz ano novo!