17/07/2011

Desmundos

Nunca fui longe
Sempre perto
Sempre ali na esquina
E sempre volto às pressas

O melhor de ir é poder voltar

Nunca parti porque em qualquer parte seria eu
Qualquer parte do mundo não me deixariria para trás


Tudo tão engessado
Preso

                                                                                     Pior seria partir e não ter para quem voltar
                                                                                               Não ter para onde voltar
                                                                                               Na retilínea vacância da exisência


                                                                                               Partida, dividida, repartida.
                                                                                               Voltas e revoltas e revolições
                                                                                               Todo parte para um fim.

2 comentários:

  1. nao gostei!!! precisa melhorar...a vida nem sempre é da forma que queremos que ela seja. mas conseguimos ser da forma que queremos

    ResponderExcluir
  2. "a vida nem sempre é da forma que queremos que ela seja." nem preciso dizer mais nada, né?

    ResponderExcluir