Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

O benefício da duvida e suas mazelas

Quem nunca vacilou na vida ? Quem nunca fez algo que achava que era certo, e que com o passar do tempo descobriu que era mais do que errado? Mas isso nem tem importância, o que importa é que no momento em que se viveu o erro, você o fez por crer que era verdade e naquele momento não havia mentiras, era só você e os eu erro, juntos, conjugados, cúmplices, pelo menos aparentemente e aí entra o benefício da dúvida: se foi amor não sei, o que sentiram por mim, mas o que eu senti... já também não sei se foi amor. Isso nem tem importância. O vacilo da solidão acalanta, o bafo de tristeza faz você acordar e percebr que a vida é essa merda que já estava acostumado desde sempre. Por isso é BOM não se acostumar com a felicidade, ela é fugaz, excêntrica, lascívia e infiel. A qualquer momento ela te abandona e vai viver nos braços de outro. O pior é você colocar a felicidade nos braços de outros, pois assim você se torna um retardado vitimizado pela dependência psicológica a que se atrela. O …

Linger...

Vive-se por muito pouco
Morre por muito

Tudo é razao de morrer
Tudo é pretesto para desistir
Tudo leva à morte

viver já foi
morrer é vogue...

Morre-se por todo o motivo
Porque viver já não vale a pena

Venha, vamos morrer juntos nesse buraco
Cinza e frio
Porque a felicidade é triste
E não quero ser feliz...

Gone with the wind

Não, o vento não soprou...
Não havia poeira nos meus olhos
the fog was thin
I was blind
blind?

I was alive
but a false love cannot
survive...

Wow I felt it
Now I feel IT

well well well

go hell
who cares anyway
the fuckpain?