Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Torta di riso

(...)O domingo era todo aquela barraca de doces, meu desejo e meu desejo... Durante grande parte daqueles domingos, eu me deparava com o que eu não podia e só queria isso.  O bolo incolor me deixava com água na boca e dor na alma. Se o tivesse provado, hoje só estaria com a dor. Dói muito realizar um sonho. A sensação é de esvaziamento. Como nada realizei, ou coisa alguma me foi concedida, parei de sonhar. Sou todo dor e falta de bolo de arroz ... Minha infância chegou a ensaiar um gosto; minha vida de adulto nem isso. E ainda criança o homem na t.v. dizia que o céu era o limite. E minha infância me dizia, dentro de seu amargor insípido: o bolo de arroz é o limite...